Judeus não foram destruídos porque Deus cuida de Israel”, diz embaixador israelense

A Câmara dos Deputados realizou na última terça-feira (21) uma sessão solene pelo Dia da Independência de Israel, contando com a participação do embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley.

Em seu discurso, Shelley falou sobre a perseguição histórica vivida pelos judeus citando a Bíblia e mostrou sua fé de que Deus cuida de Israel e é por este motivo que eles não são destruídos.“Os judeus sempre foram perseguidos, sempre, sempre. Mas todas as potências quebraram e os judeus ficaram. Sabem por quê? Por uma razão: porque Deus cuida de Israel. Se há pessoas que não acreditam nisso, olhem a história”, afirmou.

O embaixador citou os avanços médicos e tecnológicos de Israel e o desejo do povo israelense em ajudar o próximo através de seus conhecimentos.

“Está escrito na Bíblia que o povo judeu deve ser a luz de todas as nações. Por isso, israelenses, judeus, ao redor do mundo, não somente em Israel, eles gostam e querem ajudar todos: na área de medicina, na área de tecnologia, satélites…”, afirmou.

Ele ainda citou o bom relacionamento com o Brasil, desde a criação do Estado de Israel, em 1947 quando o diplomata brasileiro Oswaldo Aranha presidiu a sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas que votou o plano da ONU para a partilha da Palestina, levando à criação do Estado de Israel no ano seguinte.

A sessão solene foi requerida pelos deputados Roberto de Lucena (PODE-SP) e Marcos Pereira (PRB-SP); participaram da mesa da sessão os deputados Aroldo Martins (PRB-PR) e Silas Câmara, presidente da Frente Parlamentar Evangélica, Ruth Goldberg, diretora da Confederação Israelita do Brasil e Daniel Leon Bialski, presidente da Hebraica.

Categoria:Geral

Deixe seu Comentário